HomePrevisõesLunaçõesPrecursoresTextosEstrelasBibliografiaQuem Somos

 

A Estrela dos Magos 

       Por um prolongado período de tempo, milhares de anos, o homem sobre a superfície do planeta Terra, pode perceber a singularidade de sete corpos celestes - Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno - e que  podem ter sido ordenados como descreve Oswald Wirth em seu livro "O Simbolismo Astrológico" (Ed. Nova Fronteira). O certo é que esta classificação ou arranjo, perdura até hoje mesmo com a  descoberta de três novos planetas: Urano, Netuno e Plutão, que foram somados aos sete antigos planetas como influências  superiores de Mercúrio, Vênus e Marte respectivamente.

          Nesta forma de classificação planetária - Estrela dos Magos, pode-se começar a compreender a origem de vários conceitos que atravessam os tempos e que serve como uma ferramenta, certamente primitiva, mas que pode ter sido um dos primeiros passos dado pelos precursores da Astrologia. Advém daí a certeza de que muitas outras aplicações possuem o septenário, além das que ora abordaremos.

          Clique nos links abaixo para ir diretamente ao assunto:

 

Os Decanatos Caldeus

Os Dias da Semana

As Horas Planetárias

A Regência do Ano

Cronocracia nas Revoluções Solares

 

 

Decanatos Caldeus

A Estrela dos Magos propicia a identificação direta dos decanatos caldeus. Inicia-se esta identificação seguindo no sentido horário, a partir de Marte, que rege o 1º decanato de Áries, o Sol regendo o 2º decanato  e Vênus governando o 3º decanato; já o 1º decanato de Touro ficará sob a regência de Mercúrio, o 2º sob  a regência da Lua e o 3º regido por Saturno, e assim sucessivamente, como  esta representado no gráfico e na tabela abaixo:

 
              
 

Os Dias da Semana

Outra interessante faceta da Estrela dos Magos é a sua analogia com os dias da semana. Partindo-se do Sol como regente do domingo, segue a segunda-feira regida pela Lua, a terça-feira por Marte, a quarta-feira por Mercúrio, a quinta-feira por Júpiter, a sexta-feira por Vênus, o sábado por Saturno. Muitos calendários em vários idiomas tomam o nome dos planetas para denominar os dias da semana, nesta mesma antiga e perfeita ordem. Como exemplo ilustrativo, os dias da semana em espanhol são: Domingo, Lunes, Martes, Miércoles, Jueves, Viernes e Sábado.
 
 

As Horas Planetárias

As regências planetárias das horas, são calculadas da seguinte maneira:

1- Identificar a hora do nascer do Sol no local.(P1)

2- Identificar a hora em que o Sol se põe no Local.(P2)

Para tanto as Efemérides de Raphael em suas páginas finais, apresentam 2 tabelas de horários para o nascer e o por do Sol para várias latitudes. Outro método consiste em utilizar um programa de computador que  possibilite saber a hora em que o Sol é conjunto e oposto ao Ascendente local.

3- Toma-se então o período de tempo em que o Sol é visível. (P2 menos P1)

 4- Divide-se este período por 12, a fim de obter o intervalo de cada uma das "horas planetárias" (P2 menos P1) dividido por 12. É bom lembrar que aqui o tempo é medido em horas, minutos, segundos e frações e a negligência deste detalhe nos cálculos poderá ocasionar resultados incorretos.

5- A partir deste resultado, são feitas somas sucessivas à hora em que o Sol nasce, tendo como término o horário em que o Sol se põe, sendo este equivalente ao final da 12º hora.

6- Atribui-se a regência da primeira hora ao planeta regente do dia da semana: o Sol para o domingo, a Lua para a segunda-feira, Marte para a terça-feira e assim por diante; a segunda hora seguirá a seqüência dos decanatos caldeus, ou seja, o sentido horário. Para as horas noturnas, toma-se a hora em que o Sol nasce no dia seguinte, verificando o intervalo de tempo transcorrido entre o pôr e o nascer do astro rei. Em seguida, é feita a divisão por 12, somando sucessivamente desde a hora do por do Sol até o final da 12º hora, que será coincidente com a hora do nascente.

Por exemplo, o dia 16 de abril de 2001, segunda feira para a cidade de São Paulo - Brasil, tem as seguintes regências:

Hora que o Sol nasce: P1= 06:24

Hora em que o Sol se põe: P2= 17:48

 

P2-P1, ou seja:

17:48-06:24=11:24 (tempo em que o Sol estará visível)

(P2-P1)/12, ou:

11:24/12=00:57 (tempo de duração de cada uma das horas planetárias)

 

 
 
06:24+00:57=07:21 1º hora Lua das 06:24 até 07:21

08:18+00:57=09:15

3º hora

Júpiter

das 08:18

até 09:15

09:15+00:57=10:12

4º hora

Marte

das 09:15

até 10:12

10:12+00:57=11:09

5º hora

Sol

das 10:12

até 11:09

11:09+00:57=12:06

6º hora

Vênus

das 11:09

até 12:06

12:06+00:57=13:03

7º hora

Mercúrio

das 12:06

até 13:03

13:03+00:57=14:00

8º hora

Lua

das 13:03

até 14:00

14:00+00:57=14:57

9º hora

Saturno

das 14:00

até 14:57

14:57+00:57=15:54

10º hora

Júpiter

das 14:57

até 15:54

15:54+00:57=16:51

11º hora

Marte

das 15:54

até 16:51

16:51+00:57=17:48

12º hora

Sol

das 16:51

até 17:48

 

A Regência do Ano

A respeito da disposição dos planetas no heptograma estrelado, estes são numerados no sentido horário como segue: o Sol igual a  0 (zero), Vênus igual a 1, Mercúrio igual a 2, Lua igual a 3, Saturno igual a 4, Júpiter igual a 5 e Marte igual a 6. Esta atribuição oferece a possibilidade de identificar qual o regente do ano que se deseja estudar. Para isto, deve-se tomar o numeral relativo ao ano e dividi-lo por 7, se a divisão for exata (resto = 0), trata-se de um ano cuja regência é solar; se o resto dessa divisão for igual a 1, teremos um ano regido por Vênus e assim por diante.
 
 
Conforme pode-se observar no exemplo acima, 1935 foi um ano que se submeteu à regência da Lua, assim como, 2001 é regido por Marte, pois, 2001 quando dividido por 7 apresentará um resto de 6.
 

Cronocracia nas Revoluções Solares

Conforme Alexandre Volguine descreve em seu livro "A Técnica das Revoluções Solares", cap. 14 - Os Sete Períodos Planetários -  p.179, baseado em texto de Junctin de Florence (séc. XVI), existe alguma verdade sobre o "domínio" de influência do significado básico de cada um destes 7 planetas por um determinado período de tempo, sempre contando a partir do regente do Ascendente da Revolução Solar, no sentido horário e atribuindo a quantidade de dias conforme a tabela abaixo:

Planeta

No. de Dias

Sol

53

Vênus

33

Mercúrio

57

Lua

71

Saturno

85

Júpiter

30

Marte

36

Por exemplo, numa Revolução Solar cujo Ascendente se encontre no signo de Touro e tenha ocorrido em 05 de julho de 2001, resulta a seguinte cronocracia:
 

Planeta

de

até

Tendências - significados intrínsecos  

Vênus

05/07/2001

07/08/2001

amor-sociabilidade-valores-luxo-prazer

Mercúrio

07/08/2001

03/10/2001

comércio-aprendizado-comunicação-deslocamentos

Lua

03/10/2001

13/12/2001

mãe-família-lar-maternidade-flutuações

Saturno

13/12/2001

09/03/2002

responsabilidade- cristalizações -experiências duras

Júpiter

09/03/2002

08/04/2002

expansão- filosofia-proteção-viagens-filosofia

Marte

08/04/2002

14/05/2002

ação- precipitações-agressividade-iniciativa

Sol

14/05/2002

data da próxima RS

fazer valer a vontade-vitalidade-reconhecimento

             

Topo